Arquivo

Archive for the ‘Arruda’ Category

Eleições no DF: os mais votados na história

Em menos de dois meses, os eleitores do DF terão comparecido pela décima vez (sem contar os segundos turnos) às urnas. Mais de mil candidatos terão disputado 40 cargos regionais (Governador e Vice, 2 Senadores e 4 Suplentes, 8 Deputados Federais, 24 Deputados Federais) + 2 nacionais (Presidente da República e Vice), e teremos “campeões” de voto nas “categorias” Presidente, Governador, Senador, Federal e Distrital.

Este post é para refrescar memória. A tabela a seguir indica os mais votados nos cargos no DF desde a primeira eleição em 1986.

E tendo com destaques Lula, Joaquim Roriz, Reguffe, Arruda e Luiz Estévão… > Histórico mais votados para cada cargo eleições DF

Nota-se que o DF votou antes da redemocratização. Foi na eleição de 1960 para designar o Presidente da República e seu Vice (que não concorriam em chapa na época, mas em votações separadas).

Jânio Quadros foi eleito com 48,26 % dos votos no Brasil, mas os poucos eleitores do Distrito Federal (como de 8 outros estados), teriam preferido Henrique Lott como Presidente. Dos 21.842 votos válidos, 10.444 (47,82 %) foram para o General.

João Goulart pôde contar com o DF para se eleger Vice-Presidente: obteve aqui 46,37 % dos votos, contra 36,10 % nacionalmente.

Os eleitores do DF foram também chamados a opinar no plebiscito sobre o sistema de governo em 1993. Terceiro estado mais interessado (os abstencionistas foram parcos 15,9 %, atrás somente de São Paulo (12,8 %) e Rio Grande do Sul (15,6 %), ele se pronunciou claramente (mais ainda que a média nacional) pela República, que reuniu 88,8 % dos sufrágios.

Enfim, em 2005, no referendo sobre a proibição de comercialização de armas de fogo e munições, o DF também disse não ao referendo (como todas as unidades da União), mas com menos intensidade que no resto do País: 56,83 % aqui, 63,94 % no Brasil.

Anúncios

Eleições 2014 no DF. Histórico eleitoral dos candidatos ao GDF

Histórico eleitoral dos candidatos ao Governo do Distrito Federal na eleição 2014:

 

Agnelo (PT) – 13:

 

1990: eleito Deputado Distrital pelo PCdoB com 4.387 votos (0,64 % dos votos válidos), 13º mais votado, 5º da coligação (atrás de Carlos Alberto, Abadia, Jonas Vettoraci e Benício Tavares).

 

1994: eleito Deputado Federal pelo PCdoB com 23.979 votos (3,84 % dos votos válidos), 7º mais votado, 3º na coligação (atrás de Chico Vigilante e Augusto Carvalho).

 

1998: eleito Deputado Federal pelo PCdoB com 65.752 votos (6,58 % dos votos válidos), 5º mais votado, 1º na coligação.

 

2002: eleito Deputado Federal pelo PCdoB com 95.879 votos (7,85 % dos votos válidos), 4º mais votado, 2º na coligação após Maninha.

 

2006: não eleito para Senador pelo PCdoB com 544.313 votos (42,93 % dos votos válidos). A única vaga ficou com Roriz.

 

2010: eleito Governador pelo PT com 676.394 votos no 1º turno (48,41 % dos votos válidos) e 875.612 votos no 2º turno (66,10 % dos votos válidos).

 

2014: Candidato à reeleição pelo PT.

 

 

Jofran Frejat (PR) – 22:

1990: eleito Deputado Federal pelo PFL com 22.785 votos (4,15 % dos votos válidos). 6º colocado na geral, 4o na coligação atrás de Paulo Octávio, Osório Adriano e Benedito Domingos.

 

1994: eleito Deputado Federal pelo PP com 35.897 votos (5,75 % dos votos válidos). 7º colocado na geral, 4o na coligação atrás de Vigão, Osório Adriano e Benedito Domingos.

 

1998: eleito Deputado Federal pelo PPB com 80.389 votos (8,05 % dos votos válidos), 3º colocado na geral e na coligação atrás de Vigão e Tadeu Filippelli.

 

2002: 3o colocado na eleição para o Senado (não eleito) pelo PPB com 433.650 votos (19,12 % dos votos válidos) atrás de Cristovam (PT) e Paulo Octavio (PFL), eleitos.

 

2006: eleito Deputado Federal pelo PTB com 69.450 votos (5,27 % dos votos válidos), 5º colocado na geral, segunda na coligação atrás de Tadeu Filippelli.

 

2010: Candidato a Vice pelo PR, com Weslian Roriz (PSC) candidata a Governadora. Obtiveram 440.128 votos (31,50 % dos votos válidos) no primeiro turno, e 449.110 (33,90 %) no segundo turno, perdendo a eleição para Agnelo (PT), eleito Governador, e Tadeu Filippelli (PMDB), eleito Vice.

 

 

Pitiman (PSDB) – 45:

 

2010: Eleito Deputado Federal pelo PMDB com 51.491 votos (3,66 % dos votos válidos), mais votado da coligação.

 

 

Perci Marrara (PCO) – 29:

 

2006: Candidata a Deputada Distrital pelo PCO com 180 votos.

 

2010: Candidata a Deputado Federal pelo PCO, com registro indeferido. Obteve 505 votos.

 

 

Rollemberg (PSB) – 40:

 

1990: Suplente de Deputado Distrital pelo PSB com 2.031 votos (0,30 % dos votos válidos) , 59º mais votado, 16º da coligação

 

1994: Suplente de Deputado Distrital pelo PSB com 4.557 votos (0,67 % dos votos válídos), 39º mais votado, 8º da coligação atrás de Pedro Celso, Magela, Maninha, Lucia Carvalho, Wasny, Claudio Monteiro e Cafu.

 

1998: Eleito Deputado Distrital pelo PSB com 15.942 votos (1,59 % dos votos válidos), 5º mais votado, 1º da coligação.

 

2002: 4º colocado no 1º turno para Governador com 82.369 votos (6,79 % dos votos válidos), atrás de Roriz, Magela e Benedito Domingos.

 

2006: Eleito Deputado Federal pelo PSB com 55.917 votos (4,25 % dos votos válidos), 9º mais votado, 2º da coligação atrás de Magela .

 

2010: Eleito Senador pelo PSB com 738.575 votos (33,03 % dos votos válidos). Havia duas vagas para Senador, o outro eleito, mais votado, foi Cristovam Buarque com 833.480 votos.

 

 

Toninho do PSOL – 50:

 

2006: 4º colocado no 1º turno para Governador pelo PSOL com 55.898 votos (4,24 % dos votos válidos), atrás de Arruda, Abadia e Arlete.

 

2010: 3º colocado no 1º turno para Governador pelo PSOL com 199.095 votos (14,25 % dos votos válidos), atrás de Agnelo e Weslian Roriz.